Quinta-feira, 9 de Novembro de 2006

Classes de palavras: QUANTIFICADORES

O quantificador coloca-se antes do nome, fornecendo-lhe informações sobre o número, a quantidade ou a parte dos seres referidos.

1. Quantificadores universais

todo, toda, todos, todas

qualquer, quaisquer

ambos, ambas

cada


2. Quantificadores indefinidos

algum, alguma, alguns, algumas

certo, certa, certos, certas

muito, muita, muitos, muitas

pouco, pouca, poucos, poucas

tanto, tanta, tantos, tantas

outro, outra, outros, outras

vários, várias

bastantes


3. Quantificadores relativos

quanto, quanta, quantos, quantas

cujo, cuja, cujos , cujas


  4. Quantificadores interrogativos

quanto, quanta, quantos, quantas ...?

qual, quais ...?

que ...? 


  5. Quantificadores numerais

um, dois, três , quatro ...

 


 

    Nota: Os numerais ordinais ao contrário dos numerais cardinais não indicam uma quantidade, não sendo, portanto, considerados quantificadores. Pertencem à classe dos adjectivos .

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

Uma história para ouvir ler...

26 - A Família de Nazaré Família de Nazaré

Autor: Maria Teresa Maia Gonzalez 
                        Editor: Difel 

                       
                          

 

Nazaré pertence a uma família numerosa que atravessa alguns problemas. É a segunda mais velha de sete irmãos e sente-se responsável por todos, mas só tem 14 anos. Numa linguagem clara e verosímil para o grupo etário a que se destina (adolescentes), as obras de Maria Teresa Maia Gonzalez continuam a dar um retrato positivo dos jovens. Esse será decerto um dos motivos por que tem bastantes leitores. "A Família de Nazaré"é o 26º título da colecção Profissão Adolescente.

O título deste novo livro de Maria Teresa Maia Gonzalez aponta, de imediato, o caminho por onde as personagens nos levarão. Porque sendo o maravilhoso retrato de uma adolescente, Nazaré, tem, também, e sempre presente como pano de fundo, a sua família; uma presença que, no entanto, é tudo menos limitadora. Pelo contrário.

 E é dentro deste quadro familiar, graças ao amor e ao carinho que sentem uns pelos outros, à entreajuda e à solidariedade que foram sabendo construir, à sua disponibilidade desinteressada, que o carácter de Nazaré e dos irmãos floresce, preparando-os para a vida e para o amor pelos outros.

 A autora dá-nos, de novo, o retrato de uma juventude que conhece como ninguém, de uma juventude à procura do seu caminho, e que, ao contrário de tantas ideias feitas, mostra ser capaz de o encontrar… e bem.

 

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

Poemas de Outubro. Tão poucos ...

A flutuar...

              Apenas no ar....

              Sem nada em que pensar...

 

               O meu corpo está presente

               e a minha alma distante

               no espaço infinito

               do meu pensamento!

 

               Algo me empurra para o vazio...

               Que existe dentro de mim...

               Deixo os problemas de lado...

               E meus olhos nada mais vêem     

                    Do que sombras do passado...

             Joana Martinho


Casaco

 

 

O casaco é um objecto

Que nos tira o frio,

Que protege

do mundo exterior,

Que nos abriga

 que tem o nosso odor...

 

O casaco é um objecto

Que nos tira o frio,

 esconde os sentimentos

Que não queremos desvendar.

 

O casaco é um objecto

Que nos tira o frio,

O início de solidão,

O grande defensor

da nossa razão...

 

O casaco

Tem tantos usos…

Mas não o quero

Para me esconder

 

 da solidão tenho medo...

  

      Filipe Teixeira 

    


Palavras


As palavras
certas ou erradas...
Verdadeiras ou falsas...
São a vontade da alma.
São sonhos,
são instrumentos de música.
São vidas presentes e passadas.
São "tudo" e não são "nada"!!!
Palavras para quê?
Para sonhar, viver e amar.

Sara Gonçalves


A vida é uma guerra

 

A vida é uma guerra!

É um campo de batalha,

Onde se lutam por interesses,

Por vezes banais…

Por vezes supérfluos …

 

Uma guerra,

Nem sempre é justa…

Que custa...

Que dói!

 

Dói…

Ver gente que sofre,

Sem nada,

Com fome,

Com frio,

Nas ruas a pedir pão…!

 

Ver gente que se julga soldados,

Com tudo, sem que lhes falte nada,

Numa casa abastada…

Juntos à lareira…!

 

Uma guerra,

Onde os soldados são dominados pelo egoísmo,

Pelo desprezo que sentem uns pelos outros.

 

PRECISO DE PAZ!

 

Angela Marques

 

                                   


publicado por Clube às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Classes de palavras: Determinantes

Determinante é uma palavra que se coloca antes do nome e serve para fornecer informações individualizadas sobre os seres referenciados.

O determinante concorda em género e número com o nome.

Subclasses:

1. Artigos definidos e Artigos indefinidos

   0, os, a as                 um, uma, uns, umas

Subclasse de palavras variáveis que se antepõem ao nome para identificar e determinar o ser que este exprime. Se se trata de um ser já conhecido utiliza-se o artigo definido. Se se trata de um simples representante de uma dada espécie ao qual não se fez menção anterior utiliza-se o artigo indefinido.
 

Formas Simples

Artigos Definidos

Artigos Indefinidos

 

Singular

Plural

 

Singular

Plural

Masculino

o

os

Masculino

um

uns

Feminino

a

as

Feminino

 

Formas Combinadas (Contracção)

 

Artigos Definidos

 

Artigos Indefinidos

Preposições o a os as Preposições um uma uns umas
a ao à aos às em num numa nuns numas
de do da dos das          
em no na nos nas de dum duma duns dumas
por (per) pelo pela pelos pelas          

2. Demonstrativos

este, esta, estes, estas

esse, essa, esses, essas

aquele, aquela, aqueles, aquelas

o mesmo, a mesma, os mesmos, as mesmas

o proprio, a própria, os propris, as propias

o outro, a outra, os outros, as outras,

tal, tais

Subclasse de palavras variáveis que indicam a posição dos seres e das coisas no espaço e no tempo em relação às pessoas gramaticais.

Formas simples

Singular

Plural

Masculino

Feminino

Masculino

Feminino

este

esta

estes

estas

esse essa esses essas
aquele aquela aqueles aquelas
o mesmo a mesma os mesmos as mesmas
o outro a outra os outros as outras
o próprio a própria os próprios as próprias

tal

tais

 

Formas combinadas (Contracções)

Preposições Determinantes Demonstrativos
  este(s) esta(s) esse(s)  essa(s) aquele(s) aquela(s)
de deste(s) desta(s) desse(s)  dessa(s) daquele(s) daquela(s)
em neste(s) nesta(s) nesse(s)  nessa(s) naquele(s) naquela(s)
a         àquele(s) àquela(s)

3. Possessivos

meu, minha, meus, minhas

teu, tua, teus, tuas

seu, sua, seus, suas

nosso, nossa, nossos, nossas

osso, vossa, vossos, vosas

Subclasses de palavras variáveis que exprimem a posse em relação às três pessoas gramaticais.

Pessoa

um possuidor vários possuidores
singular plural singular plural
masculino meu meus nosso nossos
feminino minha minhas nossa nossas
masculino teu teus vosso vossos
feminino tua tuas vossa vossas
masculino seu seus seu seus
feminino sua suas sua suas

Determinante Nulo

Pode  ocorer a ausência de um determinante: determinante nulo, em espressões com um nome comum não contável no singular ou com um nome contável no plural.

Exemplos:

Tinha sede.

Bebi água.

Aprendi línguas.

vejo o mar em redor.

 

publicado por Clube às 20:55
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links