Quinta-feira, 30 de Março de 2006

Alma

A minha alma é transparente

Não a vejo

Ninguém a vê ...

Imagino-a grandiosa

pura

lutadora

sempre vencedora.

Uma alma que sonha

poder ajudar os outros.

 

A minha alma

tenta sempre sorrir

mesmo nos momentos tristes

que me faz sentir.

 

A minha alma é

imortal ...

Nunca deixarei de a valorizar ...

Ninguém para para reflectir

para saber da minha alma

ou da sua ...

Ninguém se questiona

sobre os sentimentos da alma ...

 

A minha alma ...

Tudo!!

E ao mesmo tempo nada...

 

Um Menino (Pseudónimo)

Ala dos Poetas, 2º lugar

publicado por Clube às 19:59
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links