Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

O poema da Joana

Destino de duas almas...

 

Num passado presente...

Num presente passado...

Num futuro esquecido...

 

As memórias de uma infância,

Apagam-se do pensamento obscuro!

Não há mais nada,

Apenas dúvidas ignóbeis...

Inspiradas da fraqueza ingénua,

Da vida de um ser...

 

Numa imagem antiga,

De um sorriso perdido...

De um dia divino...

De um dia jamais vivido...

Duas almas inocentes,

São paralelas ao destino

Nunca encontradas...

Apenas recordadas,

Em mudanças constantes...

Sou eu,

Talvez tu...

 

Não é amor,

Não é desejo,

Não é paixão...

Somente união,

De dois irmãos do futuro,

De dois irmãos sem rumo...

 

Sou eu,

Talvez tu...

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links