Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Gemidos de incerteza

O som do teu olhar

o toque da tua voz...

Tudo me faz relembrar

os momentos que só nós passamos.

 

O tempo que se rompeu numa lágrima

e ficou reduzido a uma recordação.

O nó de experiências traçadas quando

entrei na tua natureza com paixão de existir…

Mas nada mais…

 

Porque será que a vida nos alimenta de incertezas

e de razões sem fundamento

quando apenas …

Nada mais existe de bom

 

Um dia

Uma hora, sei lá…

Tudo se resume a isso,

Nada mais…

 

Movimento de relações traçadas

que acabam por se romper

levadas por uma razão qualquer

Inútil,

Sem fundamento

Nada mais…

 

E no rastilho de uma amizade

vem a saudade,

a bonança

A dança de passarinhos condoídos

que acabam por complementar

o sonido dos teus dias

e dos meus

 

Embora longe

Mas nada mais….

 

  Ana Raquel Gil

 

publicado por Clube às 19:56
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links