Domingo, 25 de Março de 2007

Trabalho do mês: poema

A turma tem esta actividade, obrigatória e para avaliação, desde o ano lectivo anterior. No mês da avaliação do 2º Período, apenas 6 alunos entregaram o poema. E os outros?
publicado por Clube às 21:00
link do post | comentar | favorito
|

Poemas do mês de Março

Júlio Verne

(1828-1905)

Júlio Verne acreditava que "tudo o que um homem é capaz de imaginar, um outro é capaz de o realizar". Puro produto de um século XIX crente na tecnologia e no progresso, Júlio Gabriel Verne nasceu em Nantes a 8 de Fevereiro de 1828. Passou a infância neste porto do Atlântico, onde acostavam navios carregados com especiarias estonteantes e de onde zarpavam naus para terras desconhecidas. Nantes foi também o porto onde confluíam os negreiros do tráfico de escravos do século XIX.

 Morreu a 24 de Março de 1905, em Amiens, o autor visionário de Da Terra à Lua continua a ser o escritor francês mais traduzido no mundo, com os seus livros editados em 100 línguas.

Prazo de entrega dos poemas: 25 de Março de 2007

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O poema da Sara Gonçaves

O pensamento…

 

 

O pensamento…

Voa alto no céu.

É um pássaro destemido,

Um avião supersónico

Ou um satélite no espaço.

 

O pensamento…

Corre veloz

Numa auto-estrada

 

O pensamento…

Não se iludam,

Faz parte do que somos

 

O pensamento…

Sou eu,

És tu,

Somos nós

 

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Ângela

É em Março que tudo renasce …

 

O Sol faz que os dias sejam maiores,

As flores nascem,

Cobrindo os vastos e longínquos prados que nos levam a imaginação com a sua suave brisa fresca…

Para um outro mundo, uma outra dimensão onde tudo é…

É como queremos e desejamos!

 

É em Março que chega a Primavera,

Os amores…

 

É na Primavera que os animais acordam da hibernação…

Acordam para a vida …

Para uma vida que eles próprios desconhecem,

Uma vida que eles têm de fazer...

Onde o destino não existe…

Onde apenas os seus medos existem …

 

Como os humanos,

Têm medo de serem espezinhados,

Não cumprirem os seus objectivos,

Medo de não estarem preparados para uma nova etapa da sua vida …

 

É em Março que tudo renasce …

Medo,

Pressa…

Alegria,

Compaixão…

Problemas ou Virtudes…

Onde nós fazemos o nosso destino!

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

O poema da Raquel Gil

Futuro

 

A vida é curta,

O tempo avança

E cada vez mais perto está...

Ontem, criança

Hoje à descoberta do amanhã

 

Não sei o que me espera

Um frio gélido de Inverno

Ou os sabores da Primavera

 

Só mais tarde saberei

Quão grande é o Mundo

E profunda a placa do chão que me sustenta,

Misteriosa a dor do céu,

Que atormenta o respirar dos seres cansados da sua cor…

 

Sou pretendente de uma vida melhor

Mais saudável e bondosa

Menos materialista e impiedosa,

Que descubra o seu valor.

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

O poema da Joana Martinho

  Penso sem parar

 

As memórias navegam na minha mente...

Bem as tento passar para o papel...

Mas...

As palavras fogem-me!

A caneta ficou sem tinta...

 

Tento procurá-las, mas em vão...

Não as consigo descobrir,

Na imensidão do branco puro...

Da folha de papel

do meu livro de memórias...

 

Porque será?

Eu continuo a pensar sem parar.

 

Não consigo agarrar

as memórias que navegam na minha mente.

       

publicado por Clube às 19:57
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Teresa Oliveira

Para ti querido pai,

Relembro sempre este dia, mas

Recordo todos os outros

Afinal, para mim, tu estás sempre presente!

 

Travessuras e muitas brincadeiras

Impossíveis de resistir

 

Quero que estejas sempre comigo

Unico, protector, amigo

Embora às vezes, haja uns

Ralhetes porque eu quando quero também sei ser

Impossível de aturar!

Depois ao deitar quando me vens aconchegar,

Oceanos de muitos beijinhos, tudo fazem esquecer!

 

Porto de abrigo sem fim

Abrigas-me de todos os perigos

Impossível não gostar muito de ti!

 

 

publicado por Clube às 19:57
link do post | comentar | favorito
|

O poema do João careto

Os Elementos

Existem vários elementos no Mundo.

Estes podem ser fogo,

diziam os antigos, a terra, a água, o ar....

Sabemos agora, são muitos mais.

 

Todos eles são muito importantes

factores para a sobrevivência

Nos reinos dos seres vivos

 

Cada ser existente na terra,

Adaptou-se mais a cada um

No nosso mundo, que é a Terra.

Como ela, não há mais nenhum.

 

Se, no futuro, poluirmos o ar,

Fizermos o clima aquecer,

Esses “elementos” poderão mudar

E muitas espécies irão desaparecer

 

Todos somos parte dessa vida

Que é preciso salvar, todos seres sensíveis,

No maior numero de espécies

Em todos os ecossistemas possíveis.

 

  João Careto

publicado por Clube às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

O poema da Andreia Gonçalves

Injustiça

Injustiça

O que é?

Um sentimento?

Uma dor?

Uma lágrima?

 

Injustiça é…

Estudar, estudar, estudar...

E nada saber…

 

Injustiça é…

Saber e não conseguir

responder

 

Injustiça é…

Querer falar

e nada dizer

 

Injustiça é

Saber responder

e não conseguir escrever

 

Injustiça é…

Ser acusado

sem se poder defender

 

Injustiça é…

Ser injusto.

 

 

 

 

publicado por Clube às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

Poema do Flávio Pereira

Frases

“Vou-te Matar”

A pessoa que lê isto fica sem saber o que pensar.

Procura sempre coisas novas para fazer,

As pessoas que fazem isso, é só lazer.

 

“Odeio-te”

A pessoa que lê isto fica cheia de curiosidade,

A  “Quem será?”

Será ao António ou ao Manuel?

Não sei, mas vou perguntar-lhe num papel.

 

“Desisto”

Fartei-me deste mundo, fartei-me destas gentes.

Só me apetece sair daqui,

Deste mundo tão delinquente.

 

Mas não! Não vou fazer isso!

Sou um rapaz forte,

Tenho de seguir o meu instinto…

 

 
publicado por Clube às 19:00
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links