Segunda-feira, 26 de Junho de 2006

Calendário Escolar 2006/2007

 PERÍODOS

INÍCIO

 

TERMO

 

 

14 de Setembro

(As aulas depois de iniciadas não podem ser interrompidas.)

  15 de Dezembro.

 

 

3 de Janeiro

 23 de Março.

 

 

 

 10 de Abril

 

 A partir a de 8 de Junho, para os 9.º, 11º e 12.º anos, e de 22 de Junho, para os restantes anos de escolaridade.

 INTERRUPÇÕES

 DATAS

 

Natal

De 18 de Dezembro a 2 de Janeiro.   

Carnaval  

 De 19 a 21 de Fevereiro.                     

 

Páscoa  

 De 26 de Março a 9 de Abril.              

 Ministério da Educação, 26 de Junho 2006

publicado por Clube às 21:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

A última aula de Língua Portuguesa do 7º E foi dedicada ao texto poético.Vamos continuar o poema ...

Liberdade

O poema é
A liberdade

Um poema não se
programa
Porém a disciplina
- Sílaba por sílaba -
O acompanha

Sílaba por sílaba
O poema emerge
- Como se os deuses o dessem
O fazemos


Sophia de M. B. Andresen,
Obra Poética III, Ed. Caminho

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

O poema

Poema é

liberdade

 

um poema não se programa

o poema não fala com as pessoas

 

 

Um poema não se programa

é a vida de uma pessoa

 

 

Um poema não se programa

é a vida do autor

 

o poema é

alma ...

 

Andreia Sofia Gonçalves

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

Poema

Poema é

liberdade

Um poema não se programa

pois são sentimentos das pessoas

 

Um poema não se programa

o poema é liberdade

Um poema entende-se

ele é a calma

Um poema tem que ser

claro

para as pessoas

perceberem

A poesia é linda,

linda para sempre.

 

Karen Rojas

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

UM POEMA, APENAS UM POEMA ...

Poema é

liberdade

 

Um poema não se programa

É como uma ave

É livre

de voar

 

Assim é o poeta ...

pensa em tudo

tem uma ideia

nasce um poema ...

 

Um poema é um poema

parecido com um poema.

irmão de outro poema.

 

Um poema é diferente

de outro poema

O poema pensa, vive, emociona-se

chora

lê-se ...

 

Um poema é perfeito, perspicaz ...

imaginação, emoção ...

 

Um poema é, apenas,

um poema

um poema

 

 

Filipe Teixeira

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

Poema

Poema é

liberdade

Um poema não se programa,

é um mar de pensamentos

É vida ...

Um poema também é morte

Um poema fala connosco

e cala-se

quando o lemos ...

Um poema escuta

e escreve

os nossos sentimentos.

 

André  Lopes

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

Um amigo

Um poema é mais do que

uma criança a pedir pão ...

nós quando vemos uma criança

damos esmola!

A um amigo damos a mão, o coração ...

um amigo é como um irmão

pode ser mais velho ou mais novo

nunca o esquemos, disso tenho eu a  certeza.

Ana Filipa Pontes

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Poema

Poema é

liberdade

Um poema não se programa

Poema é

a alegria

que existe nas palavras

O poeta inventa

o poema

escolhe

as palavras

 

Valter

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

Um verdadeiro poema

Poema é

liberdade

Um poema não

se programa

um poema é alegria

Um poema não é passado

nem presente

nem futuro

O Poema é uma viagem

que nos prende à vida.

Pedro Santos

 

 

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

Simplicidade

Poema é

liberdade

Um  poema não se programa

sai  espontaneamente

do poeta

como o canto

dos pássaros ...

suave

belo

tão belo ...

Agora, a caneta é

amiga

segreda-me

o que escrever ...

Despeço-me dos

amigos ...

dos professores ..

outros virão ...

       o poema que escrevi

       pode não ser muito bom,

       mas é às pequenas coisas

       que se deve dar importância.

 

Sara Sofia Gonçalves

 

publicado por Clube às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links