Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2006

Paletes de sumos

Visita de Estudo à fábrica da Compal

Almeirim

No dia 22 de Fevereiro de 2006, os alunos do 7º E visitaram as instalações da Compal, em Almeirim. A visita de Estudo, realizada no âmbito da disciplina de Ciências Físico-Químicas, teve por objectivo colocar os alunos em contacto com uma unidade fabril, uma das mais avançadas da Europa em termos tecnológicos, com técnicas laboratoriais por ela praticadas. No entanto, tudo ficou pela área dos sumos, já que não foi possível ver os laboratórios. A saída da Escola deu-se por volta das 9 horas, num autocarro que seguiu direito a Almeirim pela auto-estrada, na companhia de colegas de outras turmas. Já em Almeirim, uma cidade ribatejana conhecida pela "sopa da pedra" e pelos melões, o motorista teve uma ligeira hesitação quanto ao caminho a seguir ... Tudo ficou bem resolvido graças ao Pedro que o aconselhou a seguir em frente, já que a Compal ficava à saída da cidade. E foi! Mais uns metros e lá estava ela. Os alunos estavam ansiosos. Nas suas mãos viam-se as máquinas fotográficas, os blocos para os necessários apontamentos e muitos sorrisos nos lábios. uma funcionária da empresa fez a recepção e levou os visitantes para uma sala de reuniões. Após algumas explicações, seguiu-se a visita propriamente dita. Todos viram como a tecnologia permite colocar em movimento tantas "máquinas". Elas seleccionam, embalam, testam, controlam, empacotam, ... e paletizam os sumos que, por não terem corantes e conservantes, são pasteurizados!! E tudo fica em paletes preparadas para seguir para qualquer supermercado. A visita terminou. Cada aluno recebeu um livro de receitas e quatro embalagens de sumo.

A viagem de regresso decorreu sem qualquer problema. Na escola, a fome já espreitava ... e todos correram à procura o almoço ...

 

Pedro, Valter e Fábio

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006

Num dia de chuva

Lá fora a chuva cai: fabulosa, vertical ... E eu se pudesse teria uma casa toda feita de vidro. Então, eu pediria que chovesse todos os dias. Pelo menos uma hora ... Seria uma pessoa muito feliz. Como eu gosto de sentir a chuva! Não sei explicar, mas eu gosto mesmo muito da chuva ... Se eu tivesse uma casa de vidro, a chuva entraria dentro de mim ...

Pedro Santos

(Texto livre)

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2006

14 de Fevereiro de 2006

lettre.gif

 "Todas as cartas de amor são Ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem Ridículas."

                                                 Álvaro de Campos

publicado por Clube às 20:25
link do post | comentar | favorito
|

Alverca, 14 de Fevereiro de 2006

   Querido pai,

   Hoje celebra-se o dia de S. Valentim, o Santo da amizade e do amor. Sabias? Por isso, e para não deixar passar esta data, resolvi escrever-te esta carta.

  O amor está no ar e eu penso que há muitas formas de amar. Eu também te amo, pai. Gosto muito de ti.

   Às vezes és severo para mim, um tanto rigorosos, mas mesmo assim adoro-te. Eu sei que é preciso! Apesar do tempo que passas no trabalho ou em reuniões. É a vida, não é?

   Divirto-me tanto contigo quando estamos juntos! A jogar ou a estudar para os testes da escola. É bom o tempo que em que rimos os dois...

   Sabes, pai? Quando estudo prefiro que estejas em casa. Assim, sempre me ajudas a estudar melhor. É uma tarefa que não gosto de fazer sozinho. Os dois resolvemos isto melhor.

   Despeço-me com amor.

   Beijinhos e abraços do teu querido filho,

                                                          João Careto

 

P. S.- É muito bom que tu existas! Eu sinto-me tão seguro...

publicado por Clube às 20:20
link do post | comentar | favorito
|

Alverca, 14 de Fevereiro de 2006

bouquet.jpg Meu querido Amor,

Desde que te conheci que sento por ti um sentimento muito especial. Não sei explicar. Mas tu nunca olhas para mim com um olhar carinhoso. Talvez ... por causa da minha idade. Como sou mais nova nunca reparaste que gosto de ti. Dei-te todo o meu amor, mas nunca me deste o teu carinho. Apoiei-te em todas as decisões, mesmo quando não estava de acordo. Tudo o que tu me deste foi desprezo. Estou cansada de acordar, adormecer, tomar banho e estudar a pensar em ti. Espero que um dia possas olhar para mim sem ver apenas uma amiga. Gostava de representar mais para ti. Vou sempre gostar imenso de ti. Foste e és, o meu grande primeiro amor. Eu sei que, provavelmente, nunca terei nenhuma hipótese. Sabes, a esperança é a última a morrer. Quem sabe... talvez venhas a gostar de mim como eu gosto de ti. No entanto, pode ser tarde... Nesse dia, eu posso ter-te esquecido, posso ter-me libertado deste amor que me persegue dia e noite. Então, será a tua vez de sofrer. Poderei ser eu a desprezar-te, como fazes, agora, comigo .

Pensa nisso antes que seja tarde demais.

Com um grande beijo de amor desta tua apaixonada secreta.

                                             Sara Gonçalves

                                                       (Carta)

publicado por Clube às 20:20
link do post | comentar | favorito
|

Alverca, 14 de Fevereiro de 2006

accc21.gif Meu grande amor,

Hoje, dia de São Valentim, o meu coração bate tão forte que a minha alma voa livremente e grita o teu nome. Tenho tantas saudades tuas... Parece que foi ontem que os meus olhos brilharam quando se cruzaram com os teus... Mas não, já passou um ano desde a última vez que te vi... O tempo não conseguiu matar este sentimento tão forte que bate no meu coração. Doze anos passaram e nunca ninguém vi tão linda como tu. Lembras-te, meu bem?Olhei, olhei ... e logo de paixão me perdi. Enquanto durmo, nos meus sonhos apareces... sorris para mim e eu estremeço. Não sei se de timidez, se de alegria. O meu coração já é teu, serás sempre o meu primeiro e grande amor. Linda, maravilhosa, encantadora... Mil palavras te podia escrever, mas todas seriam poucas para descrever a tua beleza. Para sempre contigo quero estar. É importante que saibas que não há carta maior no mundo, do que aquela que o meu coração está a escrever! Estarás sempre no meu coração.

Flávio Pereira

(Carta)

publicado por Clube às 20:20
link do post | comentar | favorito
|

Alverca, 14 de Fevereiro de 2006

Meu querido mais-que tudo,

Eu sei que, provavelmente, não me conheces ou não te lembras de mim. No entanto, sou alguém com quem te cruzas frequentemente. Alguém que vês todos os dias, mas que continuas a ignorar. Sabes? Esta é a primeira vez que escrevo uma carta de amor… Sim, amor! Hoje, é dia de São Valentim e eu não resisti à tentação de dizer o que me vai na alma. Vou ser sincera. A verdade, é que a tradição tem um grande peso … Pode ser que Cupido, o Deus do Amor, faça milagres. Uma setinha de amor não te fazia nada mal … Desde que te vi, que o meu coração bate mais depressa. As minhas amigas dizem que fico corada sempre que te vejo. Aliás, só de te escrever fico assim! Tu não és o homem mais bonito à face da terra. Não és musculado, nem magro … Eu vejo-te perfeito. Lindo! Não há dúvida. Quem feio ama bonito lhe parece: um provérbio que tem o seu quê de verdade… Sempre que olho para ti, à minha volta o mundo deixa de existir e um único desejo percorre os meus pensamentos:voltar a ver-te. Amanhã, na apróxima semana? Ao mesmo tempo tenho medo. Medo de não te rever, medo que nunca me vejas.

Os meus olhos castanhos buscam os teus. Azuis, da cor do mar que é grande como o meu amor por ti... Os meus olhos, se falassem, diriam "Amo-te", "Je t'aime", "I love you" ...  nas línguas todas que eu sei . E esperavam ansiosamente que os teus respondessem: "Eu também!".

Faz-me um sinal e eu compreenderei que também me amas. Até amanhã.

Joana Martinho

(carta)

publicado por Clube às 20:20
link do post | comentar | favorito
|

Alverca, 14 de Fevereiro de 2006

futebol.bmp Olá amor!

Por acaso não te esqueceste do dia dos namorados, não? Claro, só pensas no futebol! No Abel Xavier que muda a cor dos cabelos todos os dias ... Vá lá! Quero encontrar-te! Juntos podemos fazer algma coisa diferente, bem romântica ... Não aguento mais esta história de ficar trancada em casa ... É sempre o mesmo: "Hoje, não! Há futebol..." Vamos sair e divertirmo-nos! Sempre podes jogar à bola comigo... Quero ver um filme de amor e depois, jantar num restaurante especial. Nem penses levar-me à cervejaria. Estão lá os teus amigos da bola... De repente começam com o futebol para cá e para lá e eu fico sem o meu filme, sem o meu jantar, sem uma noite romântica. Que tal. Sintra? É um lugar simpático. Parece que tem uns resturantes com ementas especiais para o dia dos namorados ... Tem o palácio ... a serra ... as charretes ... Promete, meu amor que não vais chegar a meio do campo e voltar para trás! Bom, querido espero ter sido clara.

No dia de São Valentim esquece o estádio da Luz!!

Pensa nesta luz que te ama antes que ela entre em blackout.

Garanto-te que será a melhor jogada dos últimos tempos.

Espero-te com muitos beijinhos, certa que gritarás "golo" com muita alegria.

Andreia Gonçalves                                                                        

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Alverca, 14 de Fevereiro de 2006

     Querido,

Navego perdida no teu amor em busca de encontrar uma ilha desconhecida: o teu coração. Quero conquistar essa ilha, lutar até ao fim ... Travar batalhas, por mais que sejam os adversários e obstáculos ... Para te amar, para ter o teu amor lutarei! Desejo que as nossas âncoras fiquem unidas para sempre. Vivo na esperança de conseguir descobrir um tesouro dentro de ti, mergulhar no imenso mar dos teus olhos e nunca mais de lá sair ... Quero que saibas que é muito difícil par mim estar a escrever-te ... tudo seria mais fácil se estivesses comigo ... Debaixo duma linda palmeira teria a certeza que o teu amor não naufragou ou que eu o teria salvo. É com saudade que te escrevo e com desejo de te abraçar que me despeço ...

Mil beijos da tua amada,

                                          Raquel Gil

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2006

Amor é elogio

mms.gif

Quando alguém te perguntar

se me queres bem

diz-lhe que não, mas pensa que sim!

Se o maor não fosse cego

Eu seria mais feliz

Porque lendo no meu peito

Ouvirias o que ele diz.

Longe de ti fico triste

Sem ti fico a sofrer

Se o amor é grande

É até morrer.

Todo o doido tem mania

Sou doido já percebi

Passo a noite e o dia

A pensar em ti.

Meus olhos e os teus

Ao longe se estão mirando

Uns dizem que "sim"

Os outros perguntam "quando".

Amar ... Eu amo, tu amas, elas amam eles amam, nós amamos ... e vós? Amais? E o verbo conjuga-se no presente do indicativo

Nas pessoas todas ...

Rato Mickey(Pseudónimo)

(Ala dos Poetas, 1º lugar)

publicado por Clube às 21:05
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links