Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Poemas de Dezembro

D

 

Dos 20 alunos, apenas 8 fizeram o trabalho.

publicado por Clube às 20:02
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Angela Marques

Sonhadora

Que momento mágico,

Quando nos cruzámos.

Nada fazia prever…

O que senti…

Ligados por coincidências,

Difíceis de negar…

De um gesto tímido,

Um carinho

Veio-me abraçar!

Não senti medo,

Recebi-o com vontade…

De braços abertos…

Abertos para a verdade.

Gostei de te ouvir…

Não sei o que esperava ouvir…

Mas,

Gostei de te abraçar…

Um abraço que me fez sonhar, voar…

Um sorriso teu,

Recebe-o com o meu olhar e

Faz-me sorrir também,

Faz-me pensar,

Lembrar…

O meu sentimento…

Quando nos cruzámos!

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Ana Matos

A tal pessoa

 

A vida de vez em quando prega-nos partidas,

Tira-nos as pessoas mais importantes da nossa vida,

E essa pessoa és tu...

Adorava-te,

Queria-te,

Desejava-te,

E acima de tudo amava-te,

Mas de repente fugiste para longe,

E ai...

Chorei,

Desesperei,

E corri o mundo inteiro à tua procura,

Mas nunca te encontrei.

Então ganhei forças e lutei,

Para superar esta dor que dominava o meu corpo, a minha alma...

Mas um dia quando passeava pela rua,

Vi-te lá ao longe e corri para ti,

Abracei-te,

Chorei,

E aproveitei o momento,

E foi então que me disseste,

AMO-TE

Olhei para ti e respondi...

Agora é tarde para voltar atrás,

Quando te amava tu não me ligavas,

Agora que tu me amas eu não te amo a ti,

E foi aí que se criou um silêncio...

Olhamos um para o outro e dissemos,

Não consigo estar longe de ti,

Mas a nossa amizade supera tudo!

Mas o problema é que ainda te amo e menti-te,

Hoje ainda choro, desespero,

E pergunto-me porque te menti...

E digo a mim mesma amo-te porque não te consigo dizer a ti!

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Margarida Turiel

Natal

 

 

Ah! Nem acredito,

Que estamos quase no Natal!

 

Adoro esta época!

Ver as ruas enfeitadas,

Cheias de luzes e fitas,

E aquelas grandes geadas

Que só sabem bem nesta altura.

 

Para mim,

O melhor do Natal,

É passado com a minha família

Onde eu encontro muita alegria,

Paz,

Fantasia...

 

O Natal, para mim,

É simplesmemte

MARAVILHOSO!

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Sara Gonçalves

Ó Bela Inês!

 

Ó Bela Inês! ...

Sentada naquela murada,

Teu sorriso me encantou,

Teus cabelos resplandeceram,

Meus pensamentos profanou…

 

Ó Bela Inês! …

Deitada naquele leito,

Teu corpo me deslumbrou,

Teus lábios me acariciaram,

Teus seios me deliciaram…

 

Ó Bela Inês! …

Teus olhos me prenderam,

Tua voz me deleitou.

Agora a saudade

É tudo o que me restou.

 

Ó Bela Inês! …

Que em teu tumulo descansas

Da maldade deste mundo,

Mas junto do meu peito

O teu nome gravado ficou…

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Andreia Gonçalves

Tristeza

 

Ando triste, deprimida

Com vontade de chorar

Sinto frio, sinto dor

Por já não te poder abraçar

Pela última vez me despedi

Contigo não mais vou estar

Isto é a lei da vida?

Isto é como tudo vai acabar.

Ando triste deprimida

Tudo é escuridão

Tudo é um vazio imenso

Que trago no coração

Ando triste deprimida

Tenho saudades do Verão

Tenho saudades do tempo

Em que me davas a mão.

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema do Flávio Pereira

Medo

 

Uma noite sombria

Um ruído exterior

Uma voz que se aproxima,

Um medo assustador

 

Uma lâmpada apagada

Um clima frio e húmido

Um cão no meio da estrada

Com olhos que metem dor

 

Um mundo sem pessoas,

 

Que noites assustadoras…

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Joana Martinho

Sombras existentes...

 

Vivo entre sombras do passado...

Vivo entre recordações do presente...

Vivo entre ledos sorrisos falsos!

 

As minhas memórias são pensamentos do futuro...

São mágoas profundas,

São momentos inoportunos,

São dúvidas esquecidas!

 

É um receio inútil vagueando em mim!

Em busca da estrela perdida,

Em luar sombrio,

Em fantasmas nunca vencidos!

 

Uma luz persegue a alma perdida!

Grita por compaixão!

Chora uma lágrima sublime!

 

Sou a sombra de alguém,

Sou a algo inquietante de alguma vida...

Sou o teu sofrimento eterno!

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Poema da Carolina Guedes

Admiro-te

 

O respirar da tua razão

Faz-me crescer como pessoa!

Oiço uma voz,

Diz-me que não há melhor que Tu,

Pai!

 

Às vezes,

Por ser como sou,

Não consigo admitir o erro,

E continuou a errar,

Mas, depois sento-me apensar...

Será que foi o melhor que fiz?

E lembro-me das tuas palavras,

Que transpiram certezas

E que me encaminham para a verdade,

Que me levantam quando caiu,

E me ajudam a superar,

Porque sei que com a tua preciosa ajuda,

Sou capaz,

E consigo...

 

Sem ti,

Sem as tuas setas,

Que indicam o percurso,

Da minha vida,

O que faria eu?

 

É leda a tua forma de ser,

E isso basta para dizer

“Admiro-te”

 

És o sentido da razão

Do amor e da paixão!

 

Quem te sabe amar,

Ama tudo à sua volta!

 

 

  

 

Este poema é dedicado ao meu pai,o meu professor todos os dia da minha vida!

publicado por Clube às 20:00
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Poemas de Novembro

Tarde pintada
Por não sei que pintor.
Nunca vi tanta cor
Tão colorida!
Se é de morte ou de vida,
Não é comigo.
Eu, simplesmente, digo
Que há fantasia
Neste dia,
Que o mundo me parece
Vestido por ciganas adivinhas,
E que gosto de o ver, e me apetece
Ter folhas, como as vinhas.

Miguel Torga, Diário X (1966)

publicado por Clube às 21:00
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Poemas de Dezembro

. Poema da Angela Marques

. Poema da Ana Matos

. Poema da Margarida Turiel

. Poema da Sara Gonçalves

. Poema da Andreia Gonçalve...

. Poema do Flávio Pereira

. Poema da Joana Martinho

. Poema da Carolina Guedes

. Poemas de Novembro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.Links